As redes sociais e o setor criativo

Com a ascensão da internet em nossas vidas, é nítido o quanto ela nos auxilia e oferece diversas facilidades que até então nem imaginávamos que poderiam existir. Junto a isso, as redes sociais também surgiram para facilitar a nossa rotina, e hoje tornaram-se canais fundamentais para o desenvolvimento de nossas relações.

Neste texto aqui, já havíamos dado algumas dicas gerais de como utilizar as redes sociais a favor do seu negócio. No entanto, falar sobre este assunto pensando exclusivamente no setor da economia criativa, é sempre diferente do que falar para outros setores, como por exemplo, o setor médico, o farmacêutico, gastronômico, de imóveis, e por aí vai. Apesar de várias semelhanças, é justamente essa “diferença criativa” que pode tornar a comunicação com o nosso cliente totalmente única.

Rawpixel

Você sabe quem é o seu cliente?

Saber quem é o seu cliente ideal é um dos primeiros passos para construir um marketing de conteúdo atrativo nas redes sociais. Pra quem não tem ideia do que estamos falando, aqui vai uma definição bem legal:

“Marketing de Conteúdo é uma maneira de engajar com seu público-alvo e crescer sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas de modo a criar uma percepção positiva da sua marca e assim gerar mais negócios.” (Fonte)

Ou seja, para que isso aconteça, é necessário que você realmente estude e esteja por dentro do que o seu público e cliente ideal quer, caso contrário, programar postagens simplesmente para ter mais conteúdo na internet, não irá lhe gerar nenhum resultado. E quando falamos em resultados, obviamente estamos falando de vendas também.

Rawpixel

Envolva o seu público de modo único!

Falar sobre empreendedorismo criativo é falar sobre um mercado novo em ascensão. Pode não parecer, mas muitos pessoas ainda não sabem o que essas palavras significam. Dizer que o setor criativo vêm crescendo cada vez mais, mostrando alguns resultados em números, certamente pode fazer com que os mais desatualizados entendam melhor o que estamos falando.

Mas então, como envolver o seu público de modo único, e ao mesmo tempo, de maneira muito criativa? Aqui vão algumas dicas que podem lhe ajudar:

    • Lembre-se: você trabalha no setor criativo, ou seja, um espaço que vêm crescendo cada vez mais e que lhe da “passe livre” para re(criar) e re(inventar) o tempo todo. Use e abuse disso!
    • Busque comunicar-se com os seus clientes de forma mais descontraída e menos formal. Hoje em dia, cada vez mais, as pessoas desejam ver quem verdadeiramente está por trás das marcas, e isso vale principalmente para quem trabalha com criatividade.
    • Apesar de trabalhar com criação, isso não significa que não existam algumas regras e padrões que você deve seguir, principalmente quando falamos de redes sociais. Estude, planeje e trabalhe bastante para passar a informação de maneira mais clara e direta possível.
  • E por último: tenha sempre boas referências de empresas do mesmo nicho que o seu. Olhe as redes sociais delas e analise como elas conversam com os clientes. Inspire-se e aproveite para turbinar as suas páginas também.

Todas estas dicas que acabamos de passar são bem gerais e servem de base para o marketing de conteúdo voltado para as áreas criativas. Mesmo assim, a definição do público-alvo de uma empresa é sempre um trabalho bem extenso e bem detalhado. Caso você tenha alguma dificuldade na definição do seu cliente ideal e não sabe por onde começar na produção de para as redes sociais, lembre-se que nós aqui do Pagu podemos lhe ajudar com isso. Entre em contato agora mesmo! 😉

5 provas de que boas fotografias fazem a diferença na hora de vender o seu produto

A fotografia pode ser um item determinante para quem vende produtos online. Infelizmente, é comum acessarmos sites e redes sociais de determinadas marcas ou empresas e encontrarmos fotos que “deixam a desejar”. Sejam fotos feitas por celular, tremidas ou de má qualidade, se um possível comprador está em dúvida na hora de adquirir um produto, uma foto bem feita provavelmente o convencerá de que o produto vale a pena (e vice versa). Não há dúvidas: uma boa fotografia, vende. Quer saber porque? Abaixo, listamos 5 motivos que comprovarão isso:

  • BOAS FOTOGRAFIAS PASSAM CREDIBILIDADE: Quem faz vendas online, precisa passar confiança ao cliente, pois ele não conhece o produto pessoalmente e não quer ser enganado, comprando algo que não cumpra com as suas expectativas. Uma foto bem feita, que mostre todas as características do produto, ajudarão o seu cliente a acreditar que o seu produto possui qualidade, que é bem feito e que você e sua empresa são sérios.
  • BOAS FOTOGRAFIAS REPRESENTAM CAPRICHO: A foto pode ser simples, mas precisa ser bem feita. Iluminação, enquadramento, cenário…são inúmeros detalhes que ajudam a mostrar para o seu cliente que você se importa. Fotos tortas, tremidas ou mal iluminadas passam a sensação de que foram “feitas de qualquer jeito”.
Annie Spratt
  • BOAS FOTOGRAFIAS REPRESENTAM ESTILO/PERSONALIDADE: Uma foto pode dizer muito sobre o estilo, personalidade e valores da sua empresa. Se as fotos forem feitas no campo, por exemplo, os clientes já perceberão que é uma empresa que se importa com o meio ambiente. Não adianta fazer milhões de fotos em estilos diferentes, pois assim você confundirá a todos e não conseguirá atingir o público ideal.
  • BOAS FOTOGRAFIAS DEMONSTRAM O SEU COMPROMETIMENTO COM A SUA EMPRESA: Uma boa seleção e curadoria, na hora de publicar as suas fotos, mostram cuidado e comprometimento, pois seu cliente verá que você cuida de tudo, até dos mínimos detalhes. Lembra daquilo que falei sobre “fazer de qualquer jeito”?
  • BOAS FOTOGRAFIAS APAIXONAM QUEM AS VÊ: Quem nunca viu uma fotografia de bolo e sentiu vontade de comê-lo? Ou então viu uma foto de praia e sentiu vontade de viajar? Fotografias possuem esse poder!
Jesse Orrico

E você, está precisando de boas fotografias? Seja foto de produtos, fotos corporativas suas ou até mesmo um editorial, nós, do Pagu, agora realizamos esse serviço. Entre em contato com a gente, para saber mais. E deixe o seu site, portfólio e até mesmo as redes sociais, ainda mais bonitos e cativantes.

Como utilizar as redes sociais a favor do seu negócio?

Sim, eu sei. Quando falamos em redes sociais, a primeira coisa que vem à nossa cabeça, é um feed cheio de pessoas tentando mostrar como suas vidas são legais, né? Mas você sabia que essas ferramentas podem ajudar a alavancar as vendas da sua empresa? Atualmente, muitas das grandes empresas têm investido em marketing através do Facebook, Instagram, Twitter e entre outros.

Quer saber como? 

Alguns pequenos detalhes podem transformar as suas contas das redes sociais em grandes canais comunicadores, ao invés de simples páginas. Prepara aí o papel e a caneta, para anotar as diquinhas:

  • CONTEÚDOS RELEVANTES: Sim. As pessoas querem aprender algo. Publicar dicas ou inspirações são muito mais relevantes do que uma simples imagem de “bom dia”.
Kaylah Otto
  • SUAS PUBLICAÇÕES PRECISAM PASSAR ALGUMA MENSAGEM: De preferência, a mesma mensagem que os valores da sua empresa, passam aos consumidores. Passe informações que seu público-alvo ficará interessado em saber.
  • O SEU FEED DEVE SER ORGANIZADO E BONITO: Não basta largar muitas imagens sem sentido, ou sem conexão entre si. Principalmente no Instagram, seu feed precisa gerar impacto visual nas pessoas. Já falamos sobre isso AQUI.
Brooke Lark
  • NÃO FAÇA PROMOÇÕES MIRABOLANTES: Cuide ao criar promoções em suas redes sociais. Elas podem gerar a impressão de que seu produto o serviço não possui o valor que deveria.
  • FAÇA LIVES E STORIES REAIS: As pessoas gostam de ver quem é você, quem é a pessoa responsável pela criação dos produtos que ela utiliza. Apareça! Mostre sua rotina real! Isso gera engajamento.
  • NÃO SE META EM CONFUSÕES: Nas redes sociais, é muito fácil assumirmos opiniões sobre política, religião, comportamento, ou até mesmo futebol. Não exponha suas opiniões tão abertamente, evite as famosas “tretas”.
Anete Lusina
  • EVITE O FAMOSO “SIGO DE VOLTA”: Afinal, você precisa angariar seguidores e curtidas de pessoas que se identificam com o que você faz, que são ou poderão se tornar seus clientes. Não atire para todos os lados, apenas para ter mais curtidas.
  • ESCREVA CORRETAMENTE: Sim, gente. Parece óbvio, mas não é. Você está lidando com clientes, não com amigos íntimos. Por isso, uma boa escrita e um bom comportamento podem fazer a diferença.

E aí, gostou das nossas dicas? Quais delas você já pratica e quais começará a praticar a partir de agora? E se tiver alguma nova dica, não hesite em escrever pra gente aqui nos comentários!

Sorteio de aniversário

Você já ouviu falar que maio é o mês de aniversário do Pagu, né? É verdade, estamos completando UM ANO de projeto! E, pra comemorar tanta coisa boa que aconteceu com a gente nesses últimos 365 dias, queremos sortear um presente entre as nossas leitoras.

O sorteio está acontecendo no nosso Instagram. E pra participar, é muito fácil! Você  só precisa curtir a foto oficial, que está AQUI, marcar nos comentários da foto, o instagram de três amigas que precisam conhecer o nosso trabalho e seguir o nosso perfil. O resultado será divulgado no dia 31/05, no decorrer do dia.

E O PRÊMIO?

Como nós abordamos muito os temas “motivação” e “inspiração” por aqui, claro que o presente precisaria ser algo semelhante, né? Então o prêmio será esse lindo quadrinho (feito por nós!) no tamanho 20×30. 🙂

Imagem real do produto

E aí, bora lá participar? Não perde essa chance de ter um pouquinho de Pagu e da nossa motivação diária aí com você!

Resenha: Livro Mostre seu Trabalho

Mostre seu Trabalho, ou “Show your Work” é um livro do americano Austin Kleon (mesmo autor de Roube como um Artista, que você pode conhecer mais clicando aqui). Um livro ótimo para quem está precisando de dicas práticas de como divulgar seu trabalho artístico da maneira mais fácil e eficaz possível.

No livro, Austin sugere que cada artista mostre um pouquinho do seu trabalho, por dia. Seja seu ambiente de trabalho, o processo criativo do trabalho que você está trabalhando, ou até trabalhos de outros artistas que inspiram você. O importante mesmo, é mostrar conteúdo interessante, ou seja, mostrar detalhes que de fato agreguem valor à sua relação com o publico. É bom também ensinar algo para as pessoas.

A pessoa que irá ver o seu trabalho, precisa se identificar também com o que você gosta, com o que você faz e com a maneira que você pensa. Isso tudo cria um vínculo e, todas as pessoas que se identificarem com você e com o que você faz, se tornarão fãs da sua arte.

Outra dica super importante, tem relação com aquela velha frase “quem não é visto, não é lembrado”. E a realidade é essa, mesmo! Se você aparecer um pouquinho por dia, as pessoas não esquecerão de você. Não suma!

O bom é que hoje, com as redes sociais, conseguimos estar presentes a todo instante, mostrando o nosso trabalho até mesmo em tempo real. Um exemplo são os Stories, do Instagram. Por falar nisso, você já segue o nosso? Todos os dias publicamos conteúdo, dicas e muita inspiração! <3

E aí, você já leu esse livro? Nos conte o que achou! E se você ainda não leu, leia! Vale muito a pena! 🙂

Como melhorar minha empresa?

Existem pessoas que amam mudar e não suportam a mesmice. (Prazer, eu). Acredito que nós estamos em constante evolução e que precisamos nos adaptar a essas mudanças. Afinal, não somos árvores para criar raízes, né? Acredito também, que as empresas precisam dessa adaptação, porque o mercado muda a cada ano, a visão e missão da empresa também vão mudando, e até mesmo os objetivos sofrem certa metamorfose.

Stil – Unsplash

A minha empresa passou por muitas mudanças nesse último ano. Aproveitei 2017 para me recolher, analisar, reconhecer os meus objetivos, missão, valores. Me descobri como pessoa, como profissional e cheguei a uma conclusão: eu definitivamente não sou a mesma pessoa/fotógrafa de 6 anos atrás, quando iniciei minha carreira.

Se você não está satisfeito com os resultados da sua empresa, ou sente que ela não está mais representando quem você é, talvez seja hora de mudar também. Abaixo, algumas dicas para você perder o medo e se jogar nas mudanças!

  • NOME DA EMPRESA: Uma coisa que aprendi ao longo dos anos: ter uma empresa com seu nome próprio, é uma droga. Você acaba enjoando do seu nome. Sem falar que as pessoas confundem as suas redes sociais pessoais e profissionais O TEMPO TODO. Agora, minha empresa se chama L’essenza Foto (que significa “A Essência”, em italiano). Um nome simples, que diz muito sobre o meu trabalho.
  • OBJETIVO DA EMPRESA: Há seis anos, quando iniciei na fotografia, meu objetivo era ter muitos, muitos, muitos ensaios e eventos para fotografar. Eu queria fotografar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Meu objetivo era ter muito reconhecimento (e dinheiro). Agora eu sei que nem todos os clientes possuem um estilo e gosto parecidos com os meus. Meu objetivo atual, é atrair clientes que se identifiquem com a minha maneira de fotografar. (Se identifiquem com fotos criativas, lifestyle e verdadeiras).
  • VALORES: Os valores da empresa também mudaram. Agora, priorizo histórias verdadeiras. Quero fotografar as pessoas da maneira que são realmente. Eu quero ser “eu mesma” com os clientes. Menos fotos posadas e mais carinhos de verdade. Yeah!

    Avrielle Suleiman – Unsplash
  • PREÇOS: Sim, sei que por “valores” você também logo deve ter pensado nos preços. Eles mudaram, também. Claro! Além dos reajustes anuais, (que todas as empresas fazem no início de cada ano), criei também mais opções para os meus clientes. Quero agradar e poder registrar a história daquele que tem pouco dinheiro para investir e também daquele que “dinheiro não é problema”. Não escolho clientes pela classe social, e sim, pela personalidade.
  • REDES SOCIAIS: Agora, as redes sociais possuem uma curadoria melhor. Cuido de cada foto que publico. Todas precisam ter a mesma tonalidade, edição. Escolho 3 fotos semelhantes de cada trabalho, para criar um trio harmonioso no Instagram. Publicar com regularidade também é importante! Não dá pra sair publicando tudo que achar legal, viu? Vale também lembrar de publicar Stories, para que os clientes vejam o que você faz durante o dia, do que você gosta, como você é como pessoa.

    Priscilla du Preez – Unsplash
  • SITE: Às vezes, o site também precisa de uma repaginada. Um site moderno, simples e clean pode ajudar a dar uma nova cara à empresa. Lembre-se: Seu site diz muito sobre o seu trabalho! Vale a pena investir nesse detalhe 😉
  • ESCRITÓRIO: Precisamos trabalhar em algum local que nos traga boas energias. Alguns detalhes que podem dar uma cara nova ao seu espaço de trabalho: Uma pintura nova nas paredes, objetos de decoração que você gosta, e claro, muita organização! Manter o espaço de trabalho arrumadinho ajuda na criatividade e no ânimo. Nada de papelada desnecessária em cima da mesa, tá?

Claro, esses são apenas alguns detalhes que precisam mudar. Não citei aqui o registro da MEI e outras mudanças burocráticas que também são necessárias. Mas, quer uma dica bem sincera? Se você não está contente, MUDE! Arrisque, não tenha medo. Você terá mais gás e inspiração para chegar onde deseja. Ah, e se você quer ler mais sobre mudanças, clique aqui.

O que a sua empresa faz, que nenhuma outra faz?

Já sei: A sua empresa é a que entrega produtos com a melhor qualidade, né? Mas sabia que seu concorrente fala exatamente a mesma coisa?

Pois é, falar que a sua empresa é a melhor, que seu produto tem qualidade, que você vende os melhores produtos, não é garantia de nada. Qualquer um pode falar isso. Logo, infelizmente, a sua empresa não está fazendo NADA de diferente que as outras não possam fazer.

Soragrit Wongsa

Se você quer ter um diferencial digno de competitividade nesse mercado, comece a pensar: O que a sua empresa faz, que nenhuma outra faz? Se a resposta for “nada”, chegou a hora de repensar. Abaixo, listamos algumas dicas/sugestões que podem te ajudar a usar a criatividade:

  • ATENDIMENTO: O seu atendimento não pode ser bom, tem que ser ÓTIMO. Atendimento ruim, faz as pessoas fugirem. Eu, por exemplo, se sou mal atendida em algum lugar, vou embora e nunca mais volto. O que você pode fazer de diferente no primeiro contato com o cliente, que o encantará? Que tal ao invés de falar que o seu produto tem qualidade, você mostrar isso ao seu cliente? Mostre fotos/vídeos sobre como o seu produto é fabricado. Por exemplo, se você trabalha com peças de roupas tingidas a mão, com elementos naturais, por que você não mostra vídeos para o seu cliente? Ou melhor, porque você não leva o seu cliente para um tour em seu atelier, para que ele possa entender (ou até participar) do processo de fabricação de alguma peça?
Annie Spratt
  • REDES SOCIAIS: Os websites estão ficando pra trás. Hoje em dia, o cliente analisa direto o Facebook e Instagram da empresa, antes de levar uma compra adiante. É indispensável que as redes sociais da sua empresa sejam atualizadas quase que diariamente. E sabe o que os clientes querem? CONTEÚDO. Eles querem aprender, ver como é, como funciona. Não apenas imagens bonitas que não dizem nada. Use o Stories do Instagram para publicar vídeos e fotos reais sobre a fabricação dos seus produtos. Mostre que você é “gente como a gente” e que seus produtos/serviços são feitos por pessoas reais!
  • ENTREGA: Que tal agradar o cliente com um brinde? Mas por favor, esqueça canetas e chaveiros! É hora de pensar fora da caixa e ser diferente. Voltando agora para a hipotética empresa que faz roupas tingidas a mão com elementos naturais: nada a ver presentear o cliente com uma caneta, né? Mas, presentear o cliente com um lápis de madeira de reflorestamento, que tenha na parte de baixo sementes de alguma árvore e, se o cliente fincar o lápis na terra, irá nascer uma plantinha? Muito melhor né? (E aposto que o concorrente não faz isso!) Já imaginou também como a empresa define seu diferencial? “A cada venda, nós ajudamos a deixar o planeta mais verde. Presenteamos nossos clientes com sementes de Ipê Roxo, pois queremos deixar um mundo melhor para as próximas gerações”. E o concorrente? Ainda presenteando o cliente com aquela caneta que sempre falha e a tinta termina logo.
Tom Ezzatkhah

Seja diferente, original! A sua empresa precisa disso, os clientes precisam disso, o MUNDO precisa disso! Que tal colocar a caixola para funcionar? 🙂 Ah, e conte pra gente: O que a sua empresa faz que nenhuma outra faz? Comente! Queremos saber! 🙂

 

4 dicas pra deixar o feed do seu Instagram mais bonito

O Instagram tem servido como canal de venda para muitas empresas e marcas. Cada vez mais, grandes e pequenas empresas têm se dedicado a causar desejo de consumo através das fotos no Instagram. Para isso, é preciso que as fotos sejam boas e que o feed seja organizado e tenha uma consistência. Não adianta sair publicando tudo o que você achar que está bonito, ok? É muito importante que as suas fotos sejam previamente selecionadas com cuidado, para que seu feed fique bonito, organizado e harmonioso.

Ben Kolde

Aqui nesse post, vou dar algumas dicas de como você pode deixar o seu Instagram (pessoal ou profissional) mais organizadinho e bonito, atraindo assim, mais pessoas interessadas em seu conteúdo.

  • O primeiro passo, é selecionar o que você irá publicar. É MUITO importante que as suas fotos estejam bem feitas. Com boa iluminação e óbvio, com foco. É bacana se todas as suas fotos tiverem a mesma edição. Eu, por exemplo, uso o aplicativo VSCO para editar a tonalidade das minhas fotos. Assim, todas ficam com uma edição semelhante. Olha que lindo esse feed da Paris in Four Months!

  • Nós, do Pagu, usamos a técnica das cores em nosso Instagram. Ela nada mais é do que selecionar uma cor por mês e, todas as publicações daquele mês, seguirem certo padrão de cores. Por exemplo: em setembro, todo o conteúdo tinha tons de azul, em outubro, o conteúdo foi laranja, agora em novembro é vermelho, e assim sucessivamente. Dessa maneira, cada mês fica separado por uma cor e, todas as fotos combinam entre si.

  • Outra opção, é selecionar uma paleta de cores que combina com o seu trabalho. Por exemplo o Instagram do Apartamento_203: Perceba que a paleta de cores usada nesse feed é bem clarinha. Só tons pastéis, bastante branco e tudo bem clean. Viu como tudo combina?

  • Mais uma técnica bacana, é a do TRIO. Cada “linha” de fotos do feed possui três fotos, certo? Então, a opção é você publicar três fotos que combinem entre si. Assim, sucessivamente. Dessa forma, cada “trio” de fotos forma uma linha, com cores semelhantes. É essa técnica que a cantora Beyoncé tem utilizado.

E aí, legal, né? É interessante que você escolha apenas uma maneira de organizar seu feed e leve ela adiante. Não dá pra ficar trocando toda hora, né! Lembre também de usar hashtags que tenham a ver com a sua foto/trabalho e publicar com frequência. Não dá pra publicar 10 fotos hoje e passar a semana seguinte sem publicar nada. 🙂

Como transformar o hobby em profissão?

Quando falamos sobre profissões que envolvam arte e criatividade, tem muita gente por aí que não as enxerga como profissões e sim como apenas um hobby. Uma certa vez, durante uma festa em que eu estava fotografando em um sábado, um convidado me questionou sobre qual era o meu trabalho durante a semana. Oi? Eu sou fotógrafa em tempo integral! Durante a semana eu trabalho na edição de fotos, contabilidade, prospecção de novos clientes, redes sociais, montagem de álbuns, etc. etc. etc. Tem muuuuita coisa para ser feita além de fotografar efetivamente.

Quem tem uma empresa, tem muito trabalho a ser feito. É uma constante evolução e uma constante batalha, dia após dia, para convencer aos outros que as nossas profissões criativas são tão necessárias e importantes como qualquer outra e que precisam ser levadas a sério. Você desenha, pinta, borda ou realiza algum trabalho criativo e quer torná-lo sua profissão? Temos algumas dicas para começar com o pé direito e desde cedo ter bastante credibilidade com os clientes e parceiros.

  • CRIE UM PLANEJAMENTO E TRILHE PASSOS PARA ONDE VOCÊ QUER CHEGAR: É muito importante saber onde você está, onde você quer chegar e o que você precisa para chegar lá. Crie metas realizáveis dentro de três meses, um ano, cinco anos… E claro, trabalhe muito para realizá-las!
  • TENHA UMA IDENTIDADE VISUAL QUE CONDIGA COM O SEU TRABALHO E SUA PERSONALIDADE: As pessoas julgam sim um livro pela capa. Pensando nisso, é muito importante que você tenha uma identidade visual. Pode ser simples, mas precisa ser bem feita e com a sua personalidade. Não adianta ter um logotipo em tons de amarelo, se você odeia amarelo. Entendeu? Transmita em cada detalhe um pouquinho de você. Lembre-se também do material gráfico: cartões de visita, pdf de apresentações e orçamentos. Faça tudo com capricho, para surpreender seu cliente, anotado?

    Hipster Mum
  • ESTEJA PRESENTE NAS REDES SOCIAIS: Agora que você já sabe onde quer chegar com o seu trabalho e também já tem uma identidade bacana, chegou a hora de mostrá-la para o mundo. Ter uma conta profissional no Instagram e no Facebook, por exemplo, para divulgar os seus trabalhos, é uma excelente maneira de conquistar clientes novos. Lembre-se sempre de publicar conteúdo relevante e o que o seu público alvo QUER ver!
  • AS PESSOAS PRECISAM ENCONTRAR VOCÊ. TENHA UM E-MAIL E SITE: Novamente, repito: Não precisa ser um site cheio de brilhos e luzinhas pisca-pisca para atrair a atenção do seu cliente. Um site claro e básico é o suficiente, desde que seja bem feito. É importante que seja fácil para os clientes encontrarem você e seu trabalho na internet, no meio de tanta informação.

    Jiri Wagner
  • REGISTRE SUA EMPRESA: Aquela parte burocrática que ninguém gosta, mas que é necessária…Com o registro da sua empresa, você pode emitir nota fiscal, adquirir um alvará da prefeitura caso queira ter um estabelecimento, além de ter todos os benefícios de qualquer outro cidadão.
  • MARKETING: Muitas pessoas não investem em marketing, por achar que não é necessário. Eu já digo totalmente o oposto! Pra você ter uma noção, um bom marketing possibilita você até a vender cachecol no deserto. Tenha boas noções sobre marketing e, se possível, peça ajuda a um profissional.
Jon Tyson
  • NUNCA PARE DE ESTUDAR: É um erro pensar que já se sabe tudo e que não precisa mais estudar. O mundo se atualiza constantemente e nós precisamos nos atualizar também. Ainda mais com o auxílio da internet: Canais no youtube, blogs, ebooks… tem tanto material ótimo (e gratuito) que só não aprende quem não quer.

E aí, gostou das nossas dicas? Bora transformar a sua arte em profissão e viver trabalhando com o que você ama? A gente apoia você!