Como melhorar minha empresa?

Existem pessoas que amam mudar e não suportam a mesmice. (Prazer, eu). Acredito que nós estamos em constante evolução e que precisamos nos adaptar a essas mudanças. Afinal, não somos árvores para criar raízes, né? Acredito também, que as empresas precisam dessa adaptação, porque o mercado muda a cada ano, a visão e missão da empresa também vão mudando, e até mesmo os objetivos sofrem certa metamorfose.

Stil – Unsplash

A minha empresa passou por muitas mudanças nesse último ano. Aproveitei 2017 para me recolher, analisar, reconhecer os meus objetivos, missão, valores. Me descobri como pessoa, como profissional e cheguei a uma conclusão: eu definitivamente não sou a mesma pessoa/fotógrafa de 6 anos atrás, quando iniciei minha carreira.

Se você não está satisfeito com os resultados da sua empresa, ou sente que ela não está mais representando quem você é, talvez seja hora de mudar também. Abaixo, algumas dicas para você perder o medo e se jogar nas mudanças!

  • NOME DA EMPRESA: Uma coisa que aprendi ao longo dos anos: ter uma empresa com seu nome próprio, é uma droga. Você acaba enjoando do seu nome. Sem falar que as pessoas confundem as suas redes sociais pessoais e profissionais O TEMPO TODO. Agora, minha empresa se chama L’essenza Foto (que significa “A Essência”, em italiano). Um nome simples, que diz muito sobre o meu trabalho.
  • OBJETIVO DA EMPRESA: Há seis anos, quando iniciei na fotografia, meu objetivo era ter muitos, muitos, muitos ensaios e eventos para fotografar. Eu queria fotografar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Meu objetivo era ter muito reconhecimento (e dinheiro). Agora eu sei que nem todos os clientes possuem um estilo e gosto parecidos com os meus. Meu objetivo atual, é atrair clientes que se identifiquem com a minha maneira de fotografar. (Se identifiquem com fotos criativas, lifestyle e verdadeiras).
  • VALORES: Os valores da empresa também mudaram. Agora, priorizo histórias verdadeiras. Quero fotografar as pessoas da maneira que são realmente. Eu quero ser “eu mesma” com os clientes. Menos fotos posadas e mais carinhos de verdade. Yeah!

    Avrielle Suleiman – Unsplash
  • PREÇOS: Sim, sei que por “valores” você também logo deve ter pensado nos preços. Eles mudaram, também. Claro! Além dos reajustes anuais, (que todas as empresas fazem no início de cada ano), criei também mais opções para os meus clientes. Quero agradar e poder registrar a história daquele que tem pouco dinheiro para investir e também daquele que “dinheiro não é problema”. Não escolho clientes pela classe social, e sim, pela personalidade.
  • REDES SOCIAIS: Agora, as redes sociais possuem uma curadoria melhor. Cuido de cada foto que publico. Todas precisam ter a mesma tonalidade, edição. Escolho 3 fotos semelhantes de cada trabalho, para criar um trio harmonioso no Instagram. Publicar com regularidade também é importante! Não dá pra sair publicando tudo que achar legal, viu? Vale também lembrar de publicar Stories, para que os clientes vejam o que você faz durante o dia, do que você gosta, como você é como pessoa.

    Priscilla du Preez – Unsplash
  • SITE: Às vezes, o site também precisa de uma repaginada. Um site moderno, simples e clean pode ajudar a dar uma nova cara à empresa. Lembre-se: Seu site diz muito sobre o seu trabalho! Vale a pena investir nesse detalhe 😉
  • ESCRITÓRIO: Precisamos trabalhar em algum local que nos traga boas energias. Alguns detalhes que podem dar uma cara nova ao seu espaço de trabalho: Uma pintura nova nas paredes, objetos de decoração que você gosta, e claro, muita organização! Manter o espaço de trabalho arrumadinho ajuda na criatividade e no ânimo. Nada de papelada desnecessária em cima da mesa, tá?

Claro, esses são apenas alguns detalhes que precisam mudar. Não citei aqui o registro da MEI e outras mudanças burocráticas que também são necessárias. Mas, quer uma dica bem sincera? Se você não está contente, MUDE! Arrisque, não tenha medo. Você terá mais gás e inspiração para chegar onde deseja. Ah, e se você quer ler mais sobre mudanças, clique aqui.

6 Dicas para atingir as suas metas em 2018

Todo começo de ano é sempre igual. Começamos o novo ciclo com aquela sensação de que está faltando alguma coisa. Sobram planos e desejos, mas faltam ações. Queremos realizar muitas coisas, e muitas vezes acabamos frustradas por não conseguirmos atingir nem metade dos planos. O ano passa voando e mais uma vez, sentimos o tempo escorrer por nossas mãos. Mas, e se mudássemos nossa postura em 2018? E se começássemos a levar realmente a sério nossos planos e metas? Chega mais, porque essas dicas abaixo vão te ajudar a virar esse jogo!

via Dose Media

1 | COLOQUE SUAS METAS NO PAPEL

Pode parecer bobagem, mas muitas pessoas falam em metas, mas nem se quer chegam a colocá-las no papel. Isso significa tomar a atitude de tirar algumas horas do seu dia para realmente sentar e escrever os seus objetivos do próximo ano. Não doí, não arranca pedaços, e te garanto que as coisas ficarão bem mais claras. Faça uma análise do que realmente deseja e coloque tudo no papel, JÁ!

2 | ESTABELEÇA METAS REAIS (REALIZÁVEIS)

As vezes, na ânsia de querermos realizar muitas coisas, acabamos extrapolando nas metas. Portanto, estabeleça objetivos razoáveis, ou seja, objetivos que realmente condizem com o seu aporte financeiro, psicológico e físico. Por exemplo, eu desejo muito comprar uma casa, mas sei que no próximo ano isso será impossível, pois meu retorno financeiro ainda é muito baixo. Um dia sei que atingirei esse objetivo, mas, ao que tudo indica, ainda não será em 2018. E TUDO BEM! Tudo bem você não ter metas tão grandiosas assim, o importante é você ter consciência delas e manter os dois pés no chão na hora de traçá-las.

3 | AJUSTE SUAS METAS SEMPRE QUE FOR PRECISO

Nada nessa vida é imutável, e suas metas também não devem ser. As vezes temos mania de achar que na vida tudo é 8 ou 80. Ou seja, se você não chegar lá (seja onde esse “lá” quer dizer), significa então você não foi boa o suficiente, e não fez nada certo. PARE COM ISSO JÁ! Esteja preparada para consultar suas metas ao longo do ano, revê-las, e se preciso, modificar uma ou outra. Imprevistos acontecem e ninguém está imune a eles. Seja uma pessoa flexível e saiba quando é hora de ajustar e mudar.

4 | SEPARE SUAS METAS EM PEQUENAS AÇÕES

Uma grande dica na hora de traçar e realizar suas metas, é separá-la em outras pequenas ações. As vezes quando um objetivo é muito grande fica difícil visualizarmos seu final. Para facilitar, separe uma grande meta em outras menores, você verá que ficará mais fácil perceber o seu caminhar ao longo do tempo.

5 | TRABALHE COM VONTADE PARA REALIZAR

É isso aí! De nada adianta planejar e seguir todas as dicas acima, se no primeiro obstáculo sua mente fica lhe dizendo: “você não vai conseguir! você não vai conseguir!”. Mude sua postura agora! E trabalhe nos seus objetivos desejando realmente que eles se concretizem. Mude seu pensamento para: “eu vou conseguir! eu vou conseguir!”, e veja como esse pequeno gesto pode fazer uma grande diferença.

6 | NÃO FIQUE TRISTE SE VOCÊ NÃO CONSEGUIR ATINGIR SEUS OBJETIVOS

Se por acaso, você tiver seguido todas as dicas e planos, e mesmo assim, quando chegar Dezembro nada tiver dado certo. Não desanime! Muitas vezes nossas expectativas não estão alinhadas com a realidade, e ta tudo bem errar! O importante é que você sempre se questione e tenha consciência do que pode melhorar ao longo do ano. Trabalhando com dedicação e sabedoria, todos os seus objetivos serão alcançados, de uma maneira ou outra. 🙂