Como melhorar minha empresa?

Existem pessoas que amam mudar e não suportam a mesmice. (Prazer, eu). Acredito que nós estamos em constante evolução e que precisamos nos adaptar a essas mudanças. Afinal, não somos árvores para criar raízes, né? Acredito também, que as empresas precisam dessa adaptação, porque o mercado muda a cada ano, a visão e missão da empresa também vão mudando, e até mesmo os objetivos sofrem certa metamorfose.

Stil – Unsplash

A minha empresa passou por muitas mudanças nesse último ano. Aproveitei 2017 para me recolher, analisar, reconhecer os meus objetivos, missão, valores. Me descobri como pessoa, como profissional e cheguei a uma conclusão: eu definitivamente não sou a mesma pessoa/fotógrafa de 6 anos atrás, quando iniciei minha carreira.

Se você não está satisfeito com os resultados da sua empresa, ou sente que ela não está mais representando quem você é, talvez seja hora de mudar também. Abaixo, algumas dicas para você perder o medo e se jogar nas mudanças!

  • NOME DA EMPRESA: Uma coisa que aprendi ao longo dos anos: ter uma empresa com seu nome próprio, é uma droga. Você acaba enjoando do seu nome. Sem falar que as pessoas confundem as suas redes sociais pessoais e profissionais O TEMPO TODO. Agora, minha empresa se chama L’essenza Foto (que significa “A Essência”, em italiano). Um nome simples, que diz muito sobre o meu trabalho.
  • OBJETIVO DA EMPRESA: Há seis anos, quando iniciei na fotografia, meu objetivo era ter muitos, muitos, muitos ensaios e eventos para fotografar. Eu queria fotografar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Meu objetivo era ter muito reconhecimento (e dinheiro). Agora eu sei que nem todos os clientes possuem um estilo e gosto parecidos com os meus. Meu objetivo atual, é atrair clientes que se identifiquem com a minha maneira de fotografar. (Se identifiquem com fotos criativas, lifestyle e verdadeiras).
  • VALORES: Os valores da empresa também mudaram. Agora, priorizo histórias verdadeiras. Quero fotografar as pessoas da maneira que são realmente. Eu quero ser “eu mesma” com os clientes. Menos fotos posadas e mais carinhos de verdade. Yeah!

    Avrielle Suleiman – Unsplash
  • PREÇOS: Sim, sei que por “valores” você também logo deve ter pensado nos preços. Eles mudaram, também. Claro! Além dos reajustes anuais, (que todas as empresas fazem no início de cada ano), criei também mais opções para os meus clientes. Quero agradar e poder registrar a história daquele que tem pouco dinheiro para investir e também daquele que “dinheiro não é problema”. Não escolho clientes pela classe social, e sim, pela personalidade.
  • REDES SOCIAIS: Agora, as redes sociais possuem uma curadoria melhor. Cuido de cada foto que publico. Todas precisam ter a mesma tonalidade, edição. Escolho 3 fotos semelhantes de cada trabalho, para criar um trio harmonioso no Instagram. Publicar com regularidade também é importante! Não dá pra sair publicando tudo que achar legal, viu? Vale também lembrar de publicar Stories, para que os clientes vejam o que você faz durante o dia, do que você gosta, como você é como pessoa.

    Priscilla du Preez – Unsplash
  • SITE: Às vezes, o site também precisa de uma repaginada. Um site moderno, simples e clean pode ajudar a dar uma nova cara à empresa. Lembre-se: Seu site diz muito sobre o seu trabalho! Vale a pena investir nesse detalhe 😉
  • ESCRITÓRIO: Precisamos trabalhar em algum local que nos traga boas energias. Alguns detalhes que podem dar uma cara nova ao seu espaço de trabalho: Uma pintura nova nas paredes, objetos de decoração que você gosta, e claro, muita organização! Manter o espaço de trabalho arrumadinho ajuda na criatividade e no ânimo. Nada de papelada desnecessária em cima da mesa, tá?

Claro, esses são apenas alguns detalhes que precisam mudar. Não citei aqui o registro da MEI e outras mudanças burocráticas que também são necessárias. Mas, quer uma dica bem sincera? Se você não está contente, MUDE! Arrisque, não tenha medo. Você terá mais gás e inspiração para chegar onde deseja. Ah, e se você quer ler mais sobre mudanças, clique aqui.

Mudar é bom!

Muita gente não curte mudanças. Gosta da vida estagnada, com uma rotina bem definida. Uma pena, porque mudar é muito bom. Mudar aflora a nossa criatividade, nos deixa mais leves, diminui a nossa zona de conforto. E não precisa começar com uma mudança super radical, não. Pequenas atitudes já valem muito!

Comece mudando o corte de cabelo;

Depois, mude os móveis do quarto de lugar;

Quem sabe mudar a rotina? Levantar mais cedo?

Trocar de emprego, talvez? Fazer aquilo que você sempre gostou?

E, pros mais destemidos: Porque não mudar de casa, cidade, estado ou até mesmo país?

Todas as mudanças são positivas. É sinal de evolução. Afinal, não somos árvores para ficar enraizados, né?

Billy Pasco

Atualmente, estou passando por mudanças na vida pessoal e profissional. Na pessoal, estou há quase um ano evitando comer carne e tentando levar uma vida menos acelerada e frenética. Meditação e exercícios físicos fazem parte dessa minha nova vida. Na profissional, o Poliana de Aguiar Fotografias está deixando de existir. A partir de janeiro uma nova empresa surgirá. (E ainda não posso dar spoilers por aqui hahaha). Essas mudanças dão um gás na vida da gente. Ajudam a mudar a perspectiva de tudo ao nosso redor, além de nos deixar mais felizes e satisfeitos.

Slava Bowman

Mudanças não são sinal de fracasso. Mudanças são sinal de que você também mudou. Que tal aproveitar o novo ano que chega, para mudar também? Ao invés de trocar só o calendário, mude tudo aquilo que incomoda você. Agora é a hora! A vida é muito, muito curta pra criar raízes. (É SÉRIO!).

Mude sempre que achar necessário

A vida é feita de mudanças. A Terra está em constante movimento, e o passado nunca mais voltará. Já dizia uma velha frase: “Mude, mas comece devagar. Porque a direção é mais importante que a velocidade”.  E eu concordo. E acrescentaria mais: mude quantas vezes achar necessário, porque você é o único dono do seu destino.  

Foto por Felix Russell-Saw

Nossa direção é sempre em frente, mesmo que estejamos preparados para isso, ou não. Muitas pessoas tem receio em mudar, mas se esquecem que a vida é feita de ciclos e recomeços. Mudar faz parte da vida humana, e em se tratando de relações isso fica ainda mais evidente, nada dura para sempre.

Eu nunca tive problemas em mudar, felizmente. Na verdade, minha dificuldade sempre foi permanecer estagnada. Ansiosa que sou, quero que toda mudança aconteça para ontem. Quando era criança, meu maior sonho era acordar todos os dias com o cabelo de uma cor diferente. Eu achava um máximo mudar todas os dias, e gostava ainda mais quando isso ficava evidente. Sou meio do tipo cameleão que vai se adaptando e mudando de cor por onde passa.

Foto por George Bohunicky

Mudar dá trabalho. Mudar requer que estejamos dispostos a isso. Mudar cansa. Mas, mudar é necessário. E principalmente, requer levantar a bunda da cadeira e fazer algo a respeito do seu destino. Porém, esse texto não é pra falar somente disso, mas sim pra dizer também que você pode mudar tanto, e quantas vezes achar necessário, se isso realmente lhe trouxer felicidade.

Certamente as pessoas irão lhe criticar e lhe questionar a respeito disso. A maioria das pessoas não gosta de mudanças, porque mudar implica em deixar alguma coisa para trás, e muitas pessoas não estão preparadas pra isso. Mas, repito, mudar é necessário. No final de tudo, coisas muito boas acontecem porque você escolhe mudar.

Mude, mude de novo, mude sempre, mude quantas vezes achar necessário. Mas, esteja feliz com as mudanças, e mostre ao mundo como é bom ser assim também, se isso lhe faz bem.