5 Ferramentas digitais grátis para quem deseja empreender

Empreender hoje em dia é muito diferente do que antigamente. Graças a internet, hoje podemos contar com uma imensidão de ferramentas e plataformas que nos auxiliam a alavancar nossos produtos, serviços e vendas. Por isso, resolvemos compartilhar nesse post, 5 FERRAMENTAS DIGITAIS GRÁTIS que poderão lhe ajudar a ter uma rotina mais organizada, e consequentemente, mais produtiva. 🙂

1| TRELLO 

Um dos nossos principais queridinhos, o Trello é uma ÓTIMA ferramenta de gerenciamento de ideias e organização. Nós do Pagu usamos muito para colocar nossas ideias de posts aqui pro blog, metas, plano de negócios, datas das próximas reuniões, etc. Ele é basicamente organizado por quadros, onde você vai inserindo cards conforme as demandas da sua empresa. Existe também uma versão paga da plataforma, onde você pode usufruir ainda mais dos seus benefícios. Acesse o site aqui e crie uma conta agora mesmo!

2 | GOOGLE DRIVE

O Google Drive é certamente uma das melhores plataformas de armazenamento de arquivos grátis. Para você ter acesso a ele, basta ter uma conta de e-mail do Google. Nele, é possível armazenar até 15 GB grátis que podem ser imagens diversas, planilhas, vídeos, fotos, etc. Nós usamos muito para armazenar nossas propostas de serviços, materiais institucionais da empresa como logo, identidade visual, contratos diversos, entre outros. O legal é que você pode acessá-lo de qualquer computador, em qualquer parte do mundo. Acesse aqui e confira.

3 | CANVA

Essa lindeza é com certeza um grande achado da internet! O Canva é atualmente uma das melhores e mais conhecidas ferramentas de design da internet. Está precisando criar algum tipo de layout para a sua empresa e está sem grana no momento? Precisa de cartão de visita? Cards para as redes sociais? Papel timbrado? Infográficos? O Canva com certeza poderá lhe ajudar. A plataforma disponibiliza DIVERSOS templates prontos, que podem ser modificados de acordo com a sua necessidade. É uma imagem mais legal do que a outra! Acesse aqui e experimente.

4 | EVERNOTE

Bastante semelhante ao Trello, o Evernote também irá lhe auxiliar a organizar suas ideias e colocar suas metas no papel. A grande diferença entre eles é que o Evernote é feito para que você possa escrever mesmo, como se fosse um caderno digital. Nele, fica muito fácil criar listas, check-lists, digitar textos, produzir posts, anotar ideias geniais, e por aí vai. No momento nós não estamos utilizando essa plataforma, mas, recomendamos muito para quem deseja tirar as ideias da cabeça e organizá-las da melhor maneira possível. Veja aqui.

5  GOOGLE AGENDA

Outra grande ferramenta da Google, o Google Agenda já salvou nossa pele diversas vezes. Como o nome próprio nome já diz, trata-se de uma agenda virtual disponibilizada pela Google. Assim como o Google Drive, basta você ter um e-mail do Google para ter acesso a ferramenta. O mais legal, é que você também pode acessá-la de qualquer computador, de qualquer lugar.  Além disso, é possível realizar diversas configurações como separar os compromissos por cores, ativar alarmes, programar pautas, unir mais de uma agenda, etc. Uma maravilha não é? 🙂 Acesse aqui.

E você, tem mais alguma ferramenta para nos indicar? Já utilizou algumas destas ferramentas que mencionamos? O que achou? Deixe a sua opinião aqui nos comentário, e não esquece de compartilhar essas dicas com quem está precisando também. 🙂

Como conseguir boas parcerias?

16Semana passada foi o dia do amigo, e claro que não poderíamos deixar essa data passar em branco. Empreender criativamente em uma sociedade que não valoriza a arte e a criatividade, pode ser bastante solitário. Ter amigas e parceiras fiéis nesse momento, com certeza faz toda a diferença. Pra quem não sabe, o Pagu nasceu a partir de uma bela amizade. Antes de nos tornarmos parceiras profissionais, éramos amigas há mais de 10 anos. Durante esse tempo, vivemos diversas experiências, que nos reaproximaram e principalmente, nos ensinaram que através da UNIÃO podemos ser ainda mais.

Foto por Danielle Muller

E você? Já parou para pensar na importância de uma parceria? Você sabe como identificar o momento certo de investir em uma? Como perceber se uma união profissional está sendo realmente favorável, ou não? Então, vem dar uma olhada nas DICAS que separamos para conseguir boas parcerias, chega mais! 🙂

1 | UMA PARCERIA DEVE SER SEMPRE UMA VIA DE MÃO DUPLA

Parece óbvio não é? Mas, muitos pessoas se esquecem desse detalhe ao longo do caminho. Não importa o momento ou as circunstâncias: uma parceria deve ser sempre uma via de mão dupla. É muito semelhante a um casamento, sabe? Se um dos lados não está satisfeito com os resultados, é necessário reaver todas as combinações o mais rápido possível. Parceria é sempre uma troca, não se esqueça disso!

2 | SAIBA SEPARAR O PESSOAL DO PROFISSIONAL

Seja em parcerias com diferentes empresas, ou, através de profissionais da mesma empresa, tenha sempre em mente separar o lado pessoal do profissional. O ambiente de trabalho muitas vezes pode ser bastante competitivo e suscitar diversas divergências, mesmo em pessoas que trabalham juntas. Nesse momento, lembre-se sempre da amizade existente entre você e sua parceira, que possivelmente foi o motivo inicial de vocês se aproximarem. Caso a união profissional acabe, você não vai querer perder a sua amiga(o) também não é? Por isso, aja com cautela e saiba separar as duas coisas.

3 | ESTEJA ATENTO AOS SINAIS

Como saber qual é o melhor momento de iniciar uma parceria? Infelizmente, não existe um manual ou alguma maneira de prever o futuro, para lhe darmos uma resposta 100% precisa. No entanto, existem alguns sinais que podem lhe indicar se este é um bom momento, ou não. Em muitos casos, empresas que estão começando, se reestruturando, ou passando por algum tipo de dificuldade, acabam optando por firmar algumas parcerias. O motivo é muito simples: as parcerias nos dão forças e nos auxiliam a crescer (quando são realmente saudáveis). Portanto, se você está começando agora, ou pensa em mudar a estrutura da sua empresa, este pode ser um bom momento para criar uma fusão.

4 | CUMPRA COM SEUS COMPROMISSOS E OBRIGAÇÕES (E SAIBA CEDER TAMBÉM)

De nada adianta você querer cobrar mil obrigações da sua parceira, se nem mesmo você está cumprindo com os seus compromissos também. Caso você não esteja satisfeito com a sua atual união, antes de conversar sobre isso com ela, faça um bom levantamento de tudo o que você tem feito também, e veja se está realmente cumprindo com a sua parte nos acordos. Entenda quando também é o momento de ceder e ser mais flexível. Nem tudo é 8 ou 80.

5 | MANTENHA SEMPRE O DIÁLOGO ABERTO

E por último, mas não menos importante: converse, converse e converse. Se você é uma pessoa que prefere trabalhar completamente sozinha e não tem paciência para trocar ideias, definitivamente uma parceria não irá lhe acrescentar em nada. Ser um parceiro profissional é acima de tudo, conversar e trocar muitas ideias sempre que for necessário. Seja alguém que mantêm o diálogo aberto e saiba comunicar suas sugestões sempre com jeito e cautela. Você verá que ótimas parcerias irão surgir se você se comunicar de maneira inteligente e amistosa. 🙂

E aí, gostou das nossas dicas? Definitivamente, ter uma parceira profissional é uma das coisas mais gostosas do mundo, mas, é preciso também muita responsabilidade e mente aberta na hora de dialogar. E você? Qual a sua opinião sobre as parcerias profissionais? Tem alguma história pra contar pra gente? Escreve tudo aqui nos comentários, e não esquece de compartilhar o texto com as pessoas que estão precisando dele também. 🙂

5 provas de que boas fotografias fazem a diferença na hora de vender o seu produto

A fotografia pode ser um item determinante para quem vende produtos online. Infelizmente, é comum acessarmos sites e redes sociais de determinadas marcas ou empresas e encontrarmos fotos que “deixam a desejar”. Sejam fotos feitas por celular, tremidas ou de má qualidade, se um possível comprador está em dúvida na hora de adquirir um produto, uma foto bem feita provavelmente o convencerá de que o produto vale a pena (e vice versa). Não há dúvidas: uma boa fotografia, vende. Quer saber porque? Abaixo, listamos 5 motivos que comprovarão isso:

  • BOAS FOTOGRAFIAS PASSAM CREDIBILIDADE: Quem faz vendas online, precisa passar confiança ao cliente, pois ele não conhece o produto pessoalmente e não quer ser enganado, comprando algo que não cumpra com as suas expectativas. Uma foto bem feita, que mostre todas as características do produto, ajudarão o seu cliente a acreditar que o seu produto possui qualidade, que é bem feito e que você e sua empresa são sérios.
  • BOAS FOTOGRAFIAS REPRESENTAM CAPRICHO: A foto pode ser simples, mas precisa ser bem feita. Iluminação, enquadramento, cenário…são inúmeros detalhes que ajudam a mostrar para o seu cliente que você se importa. Fotos tortas, tremidas ou mal iluminadas passam a sensação de que foram “feitas de qualquer jeito”.
Annie Spratt
  • BOAS FOTOGRAFIAS REPRESENTAM ESTILO/PERSONALIDADE: Uma foto pode dizer muito sobre o estilo, personalidade e valores da sua empresa. Se as fotos forem feitas no campo, por exemplo, os clientes já perceberão que é uma empresa que se importa com o meio ambiente. Não adianta fazer milhões de fotos em estilos diferentes, pois assim você confundirá a todos e não conseguirá atingir o público ideal.
  • BOAS FOTOGRAFIAS DEMONSTRAM O SEU COMPROMETIMENTO COM A SUA EMPRESA: Uma boa seleção e curadoria, na hora de publicar as suas fotos, mostram cuidado e comprometimento, pois seu cliente verá que você cuida de tudo, até dos mínimos detalhes. Lembra daquilo que falei sobre “fazer de qualquer jeito”?
  • BOAS FOTOGRAFIAS APAIXONAM QUEM AS VÊ: Quem nunca viu uma fotografia de bolo e sentiu vontade de comê-lo? Ou então viu uma foto de praia e sentiu vontade de viajar? Fotografias possuem esse poder!
Jesse Orrico

E você, está precisando de boas fotografias? Seja foto de produtos, fotos corporativas suas ou até mesmo um editorial, nós, do Pagu, agora realizamos esse serviço. Entre em contato com a gente, para saber mais. E deixe o seu site, portfólio e até mesmo as redes sociais, ainda mais bonitos e cativantes.

Os 7 maiores desafios das empreendedoras criativas

Se você acompanha o nosso blog, deve ter visto que dias atrás postei um texto falando sobre minha história com o empreendedorismo criativo. Se você não viu, recomendo que leia agora mesmo. 🙂 Ainda empolgada com esse tema, resolvi fazer esse post com os 7 maiores desafios das mulheres que empreendem criativamente. Vem comigo!

1 | MOSTRAR-SE UMA EMPREENDEDORA DE FATO

Seja você homem ou mulher, mostrar-se um empreendedor “de verdade” é uma dificuldade real que empreendedores criativos enfrentam todos os dias, independente do seu gênero. Porém, quando se é mulher, nós sabemos que as coisas ficam bem mais difíceis.

2 | NÃO SE DEIXAR LEVAR PELAS GRANDES EMPRESAS E INDÚSTRIAS

Se você trabalha de maneira artesanal ou em pequena escala, em algum ponto da sua carreira já se deparou (ou deparará) com a concorrência das grandes empresas. Elas produzem em grande escala e, por isso, acabam diminuindo o preço final de determinado produto. Isso faz com que a pequena empreendedora não consiga competir no mercado e precise encontrar alternativas para poder continuar vendendo seu trabalho.

Daniel Von Appen

3 | SER UMA CONCORRENTE HONESTA

Enfrentamos diariamente uma série de escolhas que precisamos fazer. Nem todas as escolhas honestas, são as mais fáceis. Porém, ser honesto consigo, com o seu concorrente e com o seu cliente, deixa a vida mais leve. Afinal, a vida retribui aquilo que damos.

4 | NÃO PERDER O ENCANTO E A ORIGINALIDADE DO TRABALHO

Fazer algo diferente do que os outros estão fazendo, é sempre um desafio. Constantemente, empreendedoras criativas precisam de um tempo de pausa, para conseguirem recarregar sua energia, sua criatividade e poder continuar dando o melhor de si. (Se você está precisando desse momento de pausa agora, sugiro que leia esse post e também esse outro aqui).

Lauren Roberts

5 | TER UMA COMUNICAÇÃO AUTÊNTICA E CRIATIVA

Uma identidade visual que condiga com o seu trabalho, é um ponto importante para qualquer negócio de sucesso. Empreendedoras criativas devem comunicar exatamente aquilo que querem transmitir, por mais difícil que isso seja.

6 | MANTER-SE CONSTANTEMENTE ATUALIZADA

Muito estudo, dedicação e aprendizado também devem fazer parte da vida de uma empreendedora criativa. Afinal, não basta apenas criar. É preciso também entender de finanças, vendas, novas técnicas, etc.

Rawpixel

7 | SER ÚNICA

Talvez um dos desafios mais difíceis. Ter um trabalho diferenciado e único, independente do aspecto, é um desafio gigantesco em um mundo onde a concorrência cresce a cada instante.

É claro, existem inúmeros outros desafios que não citamos por aqui. Afinal, não só o empreendedorismo criativo, como também o empreendedorismo convencional, são cercados por “batalhas” diárias, não é mesmo? Mas que todos nós, que empreendemos, possamos ser respeitados e levados a sério, como merecemos!

Como começar a fotografar? (parte 2)

Na semana passada, publicamos um texto falando um pouquinho sobre a parte técnica para quem quer começar a fotografar (que você pode ler AQUI). Hoje, abordaremos outro ponto super importante para quem quer levar a fotografia como profissão: como me colocar no mercado, ficar conhecido e ter clientes.

Sabemos que todo início é difícil. Gerar confiança em pessoas que você ainda não conhece, sobre trabalhos que elas ainda não conhecem, é complicado. Mas algumas dicas abaixo te ajudarão a conhecer mais pessoas. Afinal, não há marketing melhor do que o bom e velho boca a boca.

Alexa Suter

Você já praticou e fotografou bastante? Gerou muito material para publicar? Criou as redes sociais para divulgar seu trabalho? Então vamos para a segunda parte:

  • FAÇA PARCERIAS: Elas ajudam a gerar credibilidade. Se você gosta de fotografar arquitetura, faça uma parceria com arquitetos da sua cidade. Fotografe alguns projetos para eles, em troca de divulgação. (Assim, os clientes deles conhecerão seu trabalho também!). Se você gosta de fotografar gastronomia, fale com cafeterias e restaurantes da sua cidade. Já pensou as suas fotos estarem no cardápio desses lugares? (com os créditos, claro!). O importante é conhecer novas pessoas e que o maior número de pessoas diferentes conheçam o que você faz.
  • SORTEIOS E PROMOÇÕES: Tem muita gente que é contra sorteios e promoções. Mas eu acredito que são maneiras muito válidas de divulgação, no início de qualquer carreira. Mas lembre-se que as promoções e sorteios precisam ser honestas e com fundamento. Não vale fazer promoções muito absurdas, pois assim você perderá credibilidade e as pessoas ficarão com a impressão de que seu trabalho não possui valor. (Se você quer fotografar casamentos, por exemplo: sorteie um ensaio de casal entre as noivas que comprarem seus vestidos com a loja X).
John Schnobrich
  • AÇÕES DE MARKETING: Essa ideia não é válida somente para quem está começando. Ações de marketing são sempre legais e geram um bom retorno. Basta ser criativo! Vou dar um exemplo pessoal: Há alguns anos, criei o “Espalhando Amor”. Vou em algum parque durante um domingo, com minha Instax, e faço fotos na hora de casais (meu público-alvo) que nem conheço. Presenteio os casais com as fotinhos e um cartão meu. Simples assim. Tenho contato com alguns casais até hoje.
  • EXPOSIÇÃO DE FOTOS: Escolha um local que seu público-alvo frequenta, ou que combine com o seu estilo. Converse com os proprietários do local e crie uma exposição de fotos. É uma opção vantajosa para ambas as partes: você leva seus amigos e conhecidos até o local e as pessoas que já frequentam esse local, conhecerão seu trabalho. Restaurantes e Cafeterias são sempre opções interessantes. 😉
Brooke Lark
  • CARTÕES DE VISITA: Sempre, sempre os tenha junto com você. Na última semana pude passar um orçamento para o motorista do Uber que pedi. Estávamos conversando durante o trajeto e casualmente ele estava à procura de um fotógrafo para registrar sua família. Outra opção é deixar alguns cartões em locais estratégicos. Locais que seu público-alvo frequentam.
  • CONTINUE PRATICANDO: Sim, essa dica é válida para a carreira toda, pois nunca paramos de aprender. Até hoje faço projetos e fotografo alguns casais de graça, quando quero aprender alguma técnica nova. Não há nada de errado nisso! Afinal, um fotógrafo só treina fotografando, né? Se você, assim como eu, fotografa casais, escolha casais fora do seu ciclo de amigos. Assim, os casais divulgarão o resultado dos ensaios em suas próprias redes sociais, os amigos deles verão e assim por diante. O importante é que o maior número de pessoas veja o seu trabalho.

E aí, gostou das dicas? Bora colocar em prática? E não deixe de nos escrever, contando quais delas você aplicou, como foram os resultados, etc! E caso você também tenha alguma outra dica que ficou de fora, conte pra gente. Queremos muito saber!

 

Resenha: Livro Mostre seu Trabalho

Mostre seu Trabalho, ou “Show your Work” é um livro do americano Austin Kleon (mesmo autor de Roube como um Artista, que você pode conhecer mais clicando aqui). Um livro ótimo para quem está precisando de dicas práticas de como divulgar seu trabalho artístico da maneira mais fácil e eficaz possível.

No livro, Austin sugere que cada artista mostre um pouquinho do seu trabalho, por dia. Seja seu ambiente de trabalho, o processo criativo do trabalho que você está trabalhando, ou até trabalhos de outros artistas que inspiram você. O importante mesmo, é mostrar conteúdo interessante, ou seja, mostrar detalhes que de fato agreguem valor à sua relação com o publico. É bom também ensinar algo para as pessoas.

A pessoa que irá ver o seu trabalho, precisa se identificar também com o que você gosta, com o que você faz e com a maneira que você pensa. Isso tudo cria um vínculo e, todas as pessoas que se identificarem com você e com o que você faz, se tornarão fãs da sua arte.

Outra dica super importante, tem relação com aquela velha frase “quem não é visto, não é lembrado”. E a realidade é essa, mesmo! Se você aparecer um pouquinho por dia, as pessoas não esquecerão de você. Não suma!

O bom é que hoje, com as redes sociais, conseguimos estar presentes a todo instante, mostrando o nosso trabalho até mesmo em tempo real. Um exemplo são os Stories, do Instagram. Por falar nisso, você já segue o nosso? Todos os dias publicamos conteúdo, dicas e muita inspiração! <3

E aí, você já leu esse livro? Nos conte o que achou! E se você ainda não leu, leia! Vale muito a pena! 🙂

Quem é esse tal de MARKETING e pra quê eu preciso dele?

Para quem não sabe, o marketing é utilizado pra determinar quais são os produtos ou serviços que mais irão interessar os consumidores e, também, para definir quais meios serão usados para tais ações. Ele identifica quem é o público-alvo de uma empresa, quais são as necessidades desse público-alvo e também como satisfazê-las.

Se você pensa que o único objetivo do marketing é vender, está enganado. Ele pode servir para muitas outras finalidades, entre elas a fidelização dos clientes, maior visibilidade da marca, entre outros. Para cada finalidade, há uma categoria diferenciada: marketing digital, marketing direto, marketing de experiência, endomarketing e entre tantos outros…

Rawpixel

Para ter um bom marketing, a empresa precisa ter um bom posicionamento (que significa, ser lembrada logo de cara pelo cliente). Para isso, precisa também saber exatamente quem é o seu público (sexo, faixa etária, renda, escolaridade, etc). Precisa saber também, o que seu público deseja comprar. (você não irá vender um cortador de gramas para alguém que mora em apartamento, né?) e assim por diante. Ah, e lembre-se: marketing não é sinônimo de publicidade. A publicidade FAZ PARTE do marketing. Ele significa conteúdo, passar informações ao cliente, sobre o que ele realmente quer saber.

Por que investir em marketing?

Ele pode ser um dos grandes responsáveis pelo sucesso de uma empresa. Com ele, você pode se tornar referência no mercado, pode aprender melhor a segmentar seu público alvo e seus serviços ou produtos chegarão de forma correta até quem precisa deles. Claro, tudo depende de seu orçamento e planejamento. Algumas opções de marketing que são fáceis e viáveis, são:

  • Anúncios em locais criativos/frequentados por seu público-alvo
  • Uma fachada atrativa, para melhorar a visibilidade do escritório/loja/empresa
  • Parcerias com empresas de segmentos semelhantes ao seu
  • Colocar cartões de visita em pontos estratégicos
  • Criar um blog e publicar frequentemente, com conteúdos relacionados ao que você faz
  • Patrocinar um anúncio nas redes sociais
Rawpixel

O céu é o limite! Existem milhares de possibilidades e ideias de marketing, para diversas finalidades também. Basta estudar a melhor e colocar em prática! O que você faz pelo marketing da sua empresa? Conta pra gente aqui nos comentários!

O que significa SUCESSO para você?

SUCESSO é uma palavra muito vaga. Pode ter inúmeros significados e definições. Para alguns, pode significar ter uma casa dos sonhos e um carro de última geração. Para outros, pode ser conquistar o cargo mais alto dentro da empresa em que trabalha. Há ainda os que consideram o sucesso como sinônimo de dinheiro. Como disse, cada um de nós pode mensurar e definir “sucesso” da maneira que preferir.

Sharon McCutcheon

VIDA SIMPLES

Esse texto não é uma crítica, muito menos um julgamento. Mas, você já parou pra pensar que o sucesso pode ser muito mais simples do que tudo isso? Pode ser, por exemplo, acordar todos os dias motivado e satisfeito com a sua profissão. Pode ser também, comemorar cada cliente que assina o contrato com você. Sucesso também pode ser o equilíbrio entre trabalho e saúde. (Porque de nada adianta ter muita grana, mas ter que gastar boa parte com remédios, né?! E infelizmente nesse mundo frenético, são poucas as pessoas que conseguem manter esse equilíbrio…)

Brooke Cagle

Talvez seja o momento para parar de perseguir o sucesso como se ele fosse um pote de ouro e perceber que  você já tem sucesso em sua vida profissional. Pode ser que seja um sucesso mais modesto, não tão ambicioso… mas que pode ser igualmente gratificante e motivador.

CONTE PRA GENTE

Analise o momento que você está vivendo e conte pra gente nos comentários: O que significa sucesso para você? Você já o conquistou? Ainda falta muito? Queremos saber!

Como melhorar minha empresa?

Existem pessoas que amam mudar e não suportam a mesmice. (Prazer, eu). Acredito que nós estamos em constante evolução e que precisamos nos adaptar a essas mudanças. Afinal, não somos árvores para criar raízes, né? Acredito também, que as empresas precisam dessa adaptação, porque o mercado muda a cada ano, a visão e missão da empresa também vão mudando, e até mesmo os objetivos sofrem certa metamorfose.

Stil – Unsplash

A minha empresa passou por muitas mudanças nesse último ano. Aproveitei 2017 para me recolher, analisar, reconhecer os meus objetivos, missão, valores. Me descobri como pessoa, como profissional e cheguei a uma conclusão: eu definitivamente não sou a mesma pessoa/fotógrafa de 6 anos atrás, quando iniciei minha carreira.

Se você não está satisfeito com os resultados da sua empresa, ou sente que ela não está mais representando quem você é, talvez seja hora de mudar também. Abaixo, algumas dicas para você perder o medo e se jogar nas mudanças!

  • NOME DA EMPRESA: Uma coisa que aprendi ao longo dos anos: ter uma empresa com seu nome próprio, é uma droga. Você acaba enjoando do seu nome. Sem falar que as pessoas confundem as suas redes sociais pessoais e profissionais O TEMPO TODO. Agora, minha empresa se chama L’essenza Foto (que significa “A Essência”, em italiano). Um nome simples, que diz muito sobre o meu trabalho.
  • OBJETIVO DA EMPRESA: Há seis anos, quando iniciei na fotografia, meu objetivo era ter muitos, muitos, muitos ensaios e eventos para fotografar. Eu queria fotografar 24 horas por dia, 7 dias por semana. Meu objetivo era ter muito reconhecimento (e dinheiro). Agora eu sei que nem todos os clientes possuem um estilo e gosto parecidos com os meus. Meu objetivo atual, é atrair clientes que se identifiquem com a minha maneira de fotografar. (Se identifiquem com fotos criativas, lifestyle e verdadeiras).
  • VALORES: Os valores da empresa também mudaram. Agora, priorizo histórias verdadeiras. Quero fotografar as pessoas da maneira que são realmente. Eu quero ser “eu mesma” com os clientes. Menos fotos posadas e mais carinhos de verdade. Yeah!

    Avrielle Suleiman – Unsplash
  • PREÇOS: Sim, sei que por “valores” você também logo deve ter pensado nos preços. Eles mudaram, também. Claro! Além dos reajustes anuais, (que todas as empresas fazem no início de cada ano), criei também mais opções para os meus clientes. Quero agradar e poder registrar a história daquele que tem pouco dinheiro para investir e também daquele que “dinheiro não é problema”. Não escolho clientes pela classe social, e sim, pela personalidade.
  • REDES SOCIAIS: Agora, as redes sociais possuem uma curadoria melhor. Cuido de cada foto que publico. Todas precisam ter a mesma tonalidade, edição. Escolho 3 fotos semelhantes de cada trabalho, para criar um trio harmonioso no Instagram. Publicar com regularidade também é importante! Não dá pra sair publicando tudo que achar legal, viu? Vale também lembrar de publicar Stories, para que os clientes vejam o que você faz durante o dia, do que você gosta, como você é como pessoa.

    Priscilla du Preez – Unsplash
  • SITE: Às vezes, o site também precisa de uma repaginada. Um site moderno, simples e clean pode ajudar a dar uma nova cara à empresa. Lembre-se: Seu site diz muito sobre o seu trabalho! Vale a pena investir nesse detalhe 😉
  • ESCRITÓRIO: Precisamos trabalhar em algum local que nos traga boas energias. Alguns detalhes que podem dar uma cara nova ao seu espaço de trabalho: Uma pintura nova nas paredes, objetos de decoração que você gosta, e claro, muita organização! Manter o espaço de trabalho arrumadinho ajuda na criatividade e no ânimo. Nada de papelada desnecessária em cima da mesa, tá?

Claro, esses são apenas alguns detalhes que precisam mudar. Não citei aqui o registro da MEI e outras mudanças burocráticas que também são necessárias. Mas, quer uma dica bem sincera? Se você não está contente, MUDE! Arrisque, não tenha medo. Você terá mais gás e inspiração para chegar onde deseja. Ah, e se você quer ler mais sobre mudanças, clique aqui.

O que a sua empresa faz, que nenhuma outra faz?

Já sei: A sua empresa é a que entrega produtos com a melhor qualidade, né? Mas sabia que seu concorrente fala exatamente a mesma coisa?

Pois é, falar que a sua empresa é a melhor, que seu produto tem qualidade, que você vende os melhores produtos, não é garantia de nada. Qualquer um pode falar isso. Logo, infelizmente, a sua empresa não está fazendo NADA de diferente que as outras não possam fazer.

Soragrit Wongsa

Se você quer ter um diferencial digno de competitividade nesse mercado, comece a pensar: O que a sua empresa faz, que nenhuma outra faz? Se a resposta for “nada”, chegou a hora de repensar. Abaixo, listamos algumas dicas/sugestões que podem te ajudar a usar a criatividade:

  • ATENDIMENTO: O seu atendimento não pode ser bom, tem que ser ÓTIMO. Atendimento ruim, faz as pessoas fugirem. Eu, por exemplo, se sou mal atendida em algum lugar, vou embora e nunca mais volto. O que você pode fazer de diferente no primeiro contato com o cliente, que o encantará? Que tal ao invés de falar que o seu produto tem qualidade, você mostrar isso ao seu cliente? Mostre fotos/vídeos sobre como o seu produto é fabricado. Por exemplo, se você trabalha com peças de roupas tingidas a mão, com elementos naturais, por que você não mostra vídeos para o seu cliente? Ou melhor, porque você não leva o seu cliente para um tour em seu atelier, para que ele possa entender (ou até participar) do processo de fabricação de alguma peça?
Annie Spratt
  • REDES SOCIAIS: Os websites estão ficando pra trás. Hoje em dia, o cliente analisa direto o Facebook e Instagram da empresa, antes de levar uma compra adiante. É indispensável que as redes sociais da sua empresa sejam atualizadas quase que diariamente. E sabe o que os clientes querem? CONTEÚDO. Eles querem aprender, ver como é, como funciona. Não apenas imagens bonitas que não dizem nada. Use o Stories do Instagram para publicar vídeos e fotos reais sobre a fabricação dos seus produtos. Mostre que você é “gente como a gente” e que seus produtos/serviços são feitos por pessoas reais!
  • ENTREGA: Que tal agradar o cliente com um brinde? Mas por favor, esqueça canetas e chaveiros! É hora de pensar fora da caixa e ser diferente. Voltando agora para a hipotética empresa que faz roupas tingidas a mão com elementos naturais: nada a ver presentear o cliente com uma caneta, né? Mas, presentear o cliente com um lápis de madeira de reflorestamento, que tenha na parte de baixo sementes de alguma árvore e, se o cliente fincar o lápis na terra, irá nascer uma plantinha? Muito melhor né? (E aposto que o concorrente não faz isso!) Já imaginou também como a empresa define seu diferencial? “A cada venda, nós ajudamos a deixar o planeta mais verde. Presenteamos nossos clientes com sementes de Ipê Roxo, pois queremos deixar um mundo melhor para as próximas gerações”. E o concorrente? Ainda presenteando o cliente com aquela caneta que sempre falha e a tinta termina logo.
Tom Ezzatkhah

Seja diferente, original! A sua empresa precisa disso, os clientes precisam disso, o MUNDO precisa disso! Que tal colocar a caixola para funcionar? 🙂 Ah, e conte pra gente: O que a sua empresa faz que nenhuma outra faz? Comente! Queremos saber! 🙂

 

Motivação, qual é a sua?

Ontem à noite, comparecemos ao evento “Motivação, qual é a sua?” promovido pelo Núcleo da Mulher Empreendedora da CDL Novo Hamburgo.  Além da palestra da empresária Faby Hoff, (que foi super motivadora e emocionante), o evento contou com a exposição de jóias da H. Maria, além de troca de informações e conhecimentos. E, não podíamos deixar de registrar tudinho pra mostrar por aqui! Esperamos que gostem! 🙂

Ah, e também já estamos ansiosas pelo próximo evento!

Tudo Orna: Conheça as irmãs empreendedoras que conquistaram o Brasil

Difícil de acreditar, mas ainda há muitas pessoas por aí que não levam a sério profissões criadas na “era digital”. Ter um blog, por exemplo, pra muita gente é coisa de quem ainda não sabe o que quer da vida. Quer a prova de que essas pessoas estão muito enganadas?

Conheça Bárbara, Débora e Júlia Alcantara. Elas são três irmãs de Curitiba que, em 2010, criaram um blog chamado Tudo Orna. Nele, publicam conteúdos sobre moda, decoração e beleza. Tudo com muito capricho e bom gosto.

Acervo Pessoal

Além de influenciar e inspirar milhares de mulheres pelo Brasil afora, elas também são proprietárias da Orna Concept (sua marca própria de bolsas), Orna Makeup (sua marca de maquiagens) e também da Orna Café (sua própria cafeteria, em Curitiba).

Acervo Pessoal

Isso nos prova que, se houver dedicação e trabalho árduo, cada projeto e cada blog pode vir a ter sucesso. Você precisa acreditar no seu projeto, traçar metas e seguir em frente. Ah, e se estiver precisando de uma inspiraçãozinha extra, conheça mais alguns projetos das Irmãs Alcantara, abaixo. Vale a pena!

Blog Tudo Orna | Instagram | Júlia Alcantara | Bárbara Alcantara | Débora Alcantara | Apartamento 33

 

8 ideias de home office para você se inspirar

Quem trabalha em casa certamente já passou pela situação de ter que adaptar um cômodo da casa como espaço de trabalho. O home office está se tornando um espaço cada vez mais comum nos dias de hoje, visto que empresas do mundo inteiro estão aderindo ao estilo. Além de trazer aconchego (pois trabalhamos em nossa própria casa), o home office é também uma ótima opção para quem quer gastar menos e não ter que se estressar com o ritmo frenético das ruas das grandes cidades. Pensando nisso, separamos 8 ideias de decoração para inspirar você!

Todo home office que se preze, precisa ser um espaço tranquilo e de aconchego. Não é porque você trabalha em casa, que não possui regras e prazos para cumprir. Uma boa ideia é usar itens de decoração sóbrios e inteligentes, com alguns itens coloridos. Um sofá para relaxar também é válido, afinal, descansar para renovar a energia também é essencial!

Outro fator importante para quem deseja ter um espaço de trabalho em casa, é ter alguns itens que tenham a sua cara e que lhe tragam boas lembranças. Bora colocar aquela foto de família no porta-retrato? E aqueles enfeites que você comprou quando vez certa viagem?

Plantas e animais são sempre uma ótima pedida. As plantas alegram o ambiente. E os animais, não precisamos nem comentar, né? Já pensou poder trabalhar com o seu animalzinho de estimação aconchegado pertinho de você?

E aí, que tal colocar em prática algumas ideias e transformar o seu cantinho preferido da casa? Ah, e também queremos conhecer o seu cantinho. Nos envie fotos do seu home office, vamos adorar!

Como transformar o hobby em profissão?

Quando falamos sobre profissões que envolvam arte e criatividade, tem muita gente por aí que não as enxerga como profissões e sim como apenas um hobby. Uma certa vez, durante uma festa em que eu estava fotografando em um sábado, um convidado me questionou sobre qual era o meu trabalho durante a semana. Oi? Eu sou fotógrafa em tempo integral! Durante a semana eu trabalho na edição de fotos, contabilidade, prospecção de novos clientes, redes sociais, montagem de álbuns, etc. etc. etc. Tem muuuuita coisa para ser feita além de fotografar efetivamente.

Quem tem uma empresa, tem muito trabalho a ser feito. É uma constante evolução e uma constante batalha, dia após dia, para convencer aos outros que as nossas profissões criativas são tão necessárias e importantes como qualquer outra e que precisam ser levadas a sério. Você desenha, pinta, borda ou realiza algum trabalho criativo e quer torná-lo sua profissão? Temos algumas dicas para começar com o pé direito e desde cedo ter bastante credibilidade com os clientes e parceiros.

  • CRIE UM PLANEJAMENTO E TRILHE PASSOS PARA ONDE VOCÊ QUER CHEGAR: É muito importante saber onde você está, onde você quer chegar e o que você precisa para chegar lá. Crie metas realizáveis dentro de três meses, um ano, cinco anos… E claro, trabalhe muito para realizá-las!
  • TENHA UMA IDENTIDADE VISUAL QUE CONDIGA COM O SEU TRABALHO E SUA PERSONALIDADE: As pessoas julgam sim um livro pela capa. Pensando nisso, é muito importante que você tenha uma identidade visual. Pode ser simples, mas precisa ser bem feita e com a sua personalidade. Não adianta ter um logotipo em tons de amarelo, se você odeia amarelo. Entendeu? Transmita em cada detalhe um pouquinho de você. Lembre-se também do material gráfico: cartões de visita, pdf de apresentações e orçamentos. Faça tudo com capricho, para surpreender seu cliente, anotado?

    Hipster Mum
  • ESTEJA PRESENTE NAS REDES SOCIAIS: Agora que você já sabe onde quer chegar com o seu trabalho e também já tem uma identidade bacana, chegou a hora de mostrá-la para o mundo. Ter uma conta profissional no Instagram e no Facebook, por exemplo, para divulgar os seus trabalhos, é uma excelente maneira de conquistar clientes novos. Lembre-se sempre de publicar conteúdo relevante e o que o seu público alvo QUER ver!
  • AS PESSOAS PRECISAM ENCONTRAR VOCÊ. TENHA UM E-MAIL E SITE: Novamente, repito: Não precisa ser um site cheio de brilhos e luzinhas pisca-pisca para atrair a atenção do seu cliente. Um site claro e básico é o suficiente, desde que seja bem feito. É importante que seja fácil para os clientes encontrarem você e seu trabalho na internet, no meio de tanta informação.

    Jiri Wagner
  • REGISTRE SUA EMPRESA: Aquela parte burocrática que ninguém gosta, mas que é necessária…Com o registro da sua empresa, você pode emitir nota fiscal, adquirir um alvará da prefeitura caso queira ter um estabelecimento, além de ter todos os benefícios de qualquer outro cidadão.
  • MARKETING: Muitas pessoas não investem em marketing, por achar que não é necessário. Eu já digo totalmente o oposto! Pra você ter uma noção, um bom marketing possibilita você até a vender cachecol no deserto. Tenha boas noções sobre marketing e, se possível, peça ajuda a um profissional.
Jon Tyson
  • NUNCA PARE DE ESTUDAR: É um erro pensar que já se sabe tudo e que não precisa mais estudar. O mundo se atualiza constantemente e nós precisamos nos atualizar também. Ainda mais com o auxílio da internet: Canais no youtube, blogs, ebooks… tem tanto material ótimo (e gratuito) que só não aprende quem não quer.

E aí, gostou das nossas dicas? Bora transformar a sua arte em profissão e viver trabalhando com o que você ama? A gente apoia você!

Como alavancar os negócios nos meses mais difíceis?

Se você trabalha com a venda de produtos ou serviços, deve haver uma época do ano em que as vendas caem. Por morar em uma região onde o inverno tende a ser rigoroso, a procura pelos meus serviços, nessa época, são menores. (Para quem não sabe, eu trabalho com fotografias). E, posso afirmar que as pessoas não gostam muito de serem fotografadas ao ar livre ou então se casar, durante a época de frio.

Mas então, o que fazer nessa época do ano para conseguir um faturamento satisfatório? Abaixo, algumas soluções que utilizo no meu negócio e que, talvez sejam úteis para o seu!

VENDER NOVOS SERVIÇOS/PRODUTOS PARA CLIENTES ANTIGOS: Ao invés de somente prospectar clientes novos, que tal fidelizar os antigos? Entre em contato com todos aqueles que já compraram algo de você. Ofereça novos produtos, pergunte quais são suas necessidades!

Foto: Brook Lark

APROVEITAR A BAIXA DEMANDA DE TRABALHO PARA DESENVOLVER UM PROJETO PESSOAL: Com menos trabalho em vista, provavelmente você terá mais tempo disponível. Que tal canalizar a sua criatividade para desenvolver algum projeto pessoal? Assim, você ocupará sua mente com algo bacana e ainda poderá criar maneiras de monetizar o resultado do seu projeto.

PARCERIAS: Aproveite o tempo livre e faça parcerias. Beneficie-se e beneficie também o próximo. Planeje, crie e desenvolva projetos com parceiros que ajudarão a divulgar seu trabalho. Parcerias SEMPRE trazem benefícios! Plante as suas sementes e você as colherá mais adiante.

Foto: Rachel Gorjestani

E claro, lembre-se sempre de se planejar financeiramente com antecedência para os meses de queda nos negócios. Ninguém gosta de passar por “perrengues” por descuido, né?

O vendedor de abacaxi & as oportunidades de negócio

Há algumas semanas, estava passando em frente à feira e decidi observar o movimento. Muitos feirantes, frutas, legumes, cores e flores. Porém, do outro lado da rua, havia um vendedor solitário de abacaxis. (Daqueles que oferecem abacaxi pela rua com um carrinho de mão, sabe?).

Logo de cara, pensei: ” Que péssimo lugar ele escolheu pra vender abacaxi. Justo na frente da feira! Ninguém vai comprar abacaxi, tendo tantas opções de frutas do outro lado da rua”. Mas foi aí que me surpreendi: Durante os 10 minutos em que o observei, ele conseguiu vender 10 abacaxis entre diversos compradores da feira.

Poliana de Aguiar

Sabe como? Logo que os carros estacionavam, ele já ia até o cliente e oferecia um pedaço de abacaxi. Os clientes gostavam do abacaxi e compravam. Mas, o que isso tem a ver com oportunidade de negócio?

Pineapple Supply Co.

O vendedor soube aproveitar muito bem a oportunidade e eu vou listar alguns dos porquês:

  • Ele se posicionou em um local onde o seu público alvo (pessoas interessadas em comprar frutas) estava. Assim, não precisou circular com seu carrinho de mão procurando qualquer pessoa que desejasse comprar abacaxis.
  • Ele foi pró-ativo. Não esperou os compradores voltarem com suas sacolas cheias da feira para oferecer seu produto. Ele foi até o seu potencial cliente antes que tivessem oportunidade de ter outras opções de frutas para comprar.
  • As pessoas gostam de ganhar coisas de graça. Dando uma “provinha” do seu produto, ele deixou os compradores em uma posição difícil para dar qualquer resposta que fosse diferente de “sim”.
  • Ele ofereceu, barganhou, insistiu. O “não” ele já tinha. Tendo em vista que já eram 17h da tarde, toda venda que ele conseguisse fazer naquela hora, seria lucro para seu dia. E funcionou!

Na nossa profissão, seja ela qual for, precisamos sempre ficar atentos à novas oportunidades. Aproveitar quando elas surgirem e não deixá-las passar enquanto vagamos por aí, como nosso “carrinho de mão”.