5 Grandes mulheres empreendedoras para você se inspirar

Quem acompanha o nosso trabalho, sabe que estamos o tempo todo falando de mulheres e empreendedorismo, e em como estas duas palavras juntas combinam muito! Já havíamos comentado aqui sobre os números existentes nesse setor. Você sabia que apesar das mulheres criarem mais empreendimentos, elas ainda possuem mais dificuldade para se manter no mercado? Pensando nisso, elaboramos este post com 5 GRANDES EMPREENDEDORAS MULHERES para você se inspirar e quem sabe, colocar o seu empreendimento em prática também. 🙂

  • PAOLA CAROSELLA

A nossa primeira DIVA da lista cresceu em meio pomar, rodeada de galinhas e coelhos. Começou a trabalhar cedo em cozinhas de restaurantes da Argentina, e hoje, é uma grande chef internacional. Ficou conhecida principalmente ao se tornar jurada da versão brasileira do programa Masterchef, transmitido pela Band. Atualmente, é dona do restaurante La Guapa. Veja mais detalhes da sua trajetória aqui.

  • PAULA ABREU

A Paula Abreu é principalmente conhecida pelo programa Escolha Sua Vida. Suas trajetórias profissionais e pessoais nos ensinam que é preciso ter garra todos os dias para enfrentar o desconhecido. Advogada por formação, a Paula largou o mundo corporativo para viver daquilo que mais amava: escrever. E tem dado muito certo até hoje. Conheça parte da sua história aqui. 

  • RAFAELA CAPPAI

A Rafa Cappai é mesmo uma empreendedora criativa de mão cheia. Jornalista por formação, é também atriz, bailarina, empreendedora, escritora, professora, mestre em empreendedorismo criativo. A gente já falou bastante dela por aqui em outros momentos. Atualmente, ela é a comandante de Espaçonave, além de liderar diversos outros projetos e iniciativas criativas mundão a fora. Clique aqui para ver o site dela e conhecer mais dessa mulher incrível.

  • ANA FONTES 

Pra quem não sabe, Ana Fontes é a grande mulher por trás da Rede Mulher Empreendedora (RME), a primeira plataforma de apoio ao empreendedorismo feminino no Brasil. Tudo começou porque um dia Ana foi descriminada por ser mulher numa entrevista de emprego. O entrevistador viu o seu currículo e disse: “É fantástico. É igual à vaga. Pena que você é mulher. Quero alguém que seja forte, que seja macho e que brigue com os funcionários e você tem cara de muito boazinha” (Fonte). Na hora, Ana não achou que aquilo era discriminação, mas depois ela começou a perceber como isso era frequente, e passou a defender outras mulheres que viriam a passar pela mesma situação. Vale muito a pena ler mais sobre a sua história!

  • LUIZA HELENA TRAJANO 

Luiza Helena Trajano nasceu em 1951 e é a grande mulher que comanda a rede de lojas Magazine Luiza. Hoje em dia, sua rede é uma das maiores e mais conceituadas do mercado de varejo. Há mais de 25 anos sendo a líder, essa mulher é uma inspiração para todas que desejam alcançar sucesso e estar a frente de grandes empresas. Leia mais aqui.

As redes sociais e o setor criativo

Com a ascensão da internet em nossas vidas, é nítido o quanto ela nos auxilia e oferece diversas facilidades que até então nem imaginávamos que poderiam existir. Junto a isso, as redes sociais também surgiram para facilitar a nossa rotina, e hoje tornaram-se canais fundamentais para o desenvolvimento de nossas relações.

Neste texto aqui, já havíamos dado algumas dicas gerais de como utilizar as redes sociais a favor do seu negócio. No entanto, falar sobre este assunto pensando exclusivamente no setor da economia criativa, é sempre diferente do que falar para outros setores, como por exemplo, o setor médico, o farmacêutico, gastronômico, de imóveis, e por aí vai. Apesar de várias semelhanças, é justamente essa “diferença criativa” que pode tornar a comunicação com o nosso cliente totalmente única.

Rawpixel

Você sabe quem é o seu cliente?

Saber quem é o seu cliente ideal é um dos primeiros passos para construir um marketing de conteúdo atrativo nas redes sociais. Pra quem não tem ideia do que estamos falando, aqui vai uma definição bem legal:

“Marketing de Conteúdo é uma maneira de engajar com seu público-alvo e crescer sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso, atraindo, envolvendo e gerando valor para as pessoas de modo a criar uma percepção positiva da sua marca e assim gerar mais negócios.” (Fonte)

Ou seja, para que isso aconteça, é necessário que você realmente estude e esteja por dentro do que o seu público e cliente ideal querem, caso contrário, programar postagens simplesmente para ter mais conteúdo na internet, não irá lhe gerar nenhum resultado. E quando falamos em resultados, obviamente estamos falando de vendas também.

Rawpixel

 

Envolva o seu público de modo único!

Falar sobre empreendedorismo criativo é falar sobre um mercado novo em ascensão. Pode não parecer, mas muitos pessoas ainda não sabem o que essas palavras significam. Dizer que o setor criativo vêm crescendo cada vez mais, mostrando alguns resultados em números, certamente pode fazer com que os mais desatualizados entendam melhor o que estamos falando.

Mas então, como envolver o seu público de modo único, e ao mesmo tempo, de maneira muito criativa? Aqui vão algumas dicas que podem lhe ajudar:

  • Lembre-se: você trabalha no setor criativo, ou seja, um espaço que vêm crescendo cada vez mais e que lhe da “passe livre” para re(criar) e re(inventar) o tempo todo. Use e abuse disso!
  • Busque comunicar-se com os seus clientes de forma mais descontraída e menos formal. Hoje em dia, cada vez mais, as pessoas desejam ver quem verdadeiramente está por trás das marcas, e isso vale principalmente para quem trabalha com criatividade.
  • Apesar de trabalhar com criação, isso não significa que não existem algumas regras e padrões que você deve seguir, principalmente quando falamos de redes sociais. Estude, planeje e trabalhe bastante para passar a informação de maneira mais clara e direta possível.
  • E por último: tenha sempre boas referências de empresas do mesmo nicho que o seu. Olhe as redes sociais delas e analise como elas conversam com os clientes. Inspire-se e aproveite para turbinar as suas páginas também.

Todas estas dicas que acabamos de passar são bem gerais e servem de base para o marketing de conteúdo voltado para as áreas criativas. Mesmo assim, a definição do público-alvo de uma empresa é sempre um trabalho bem extenso e bem detalhado. Caso você tenha alguma dificuldade na definição do seu cliente ideal e não sabe por onde começar na produção de para as redes sociais, lembre-se que nós aqui do Pagu podemos lhe ajudar com isso. Entre em contato agora mesmo! 😉

Um papo sobre consultoria

Você já ouviu falar em consultoria, mas não sabe exatamente o que significa? Ela nada mais é do que receber conselhos e opiniões de algum especialista sobre determinado assunto ou área. Quando se tem algum problema na empresa, seja na parte de vendas, marketing, conceito ou tantas outras áreas, se contrata um(a) consultor(a) para aconselhar e orientar.

Nós, do Pagu, trabalhamos com a consultoria criativa. Esse serviço auxilia as empreendedoras criativas, sejam elas ilustradoras, estilistas, tatuadoras, artesãs, ceramistas e tantas outras, a resolver possíveis problemas que possam estar tendo em seus negócios. Nós realizamos encontros particulares com cada empreendedora, podendo ser presencial ou online (pois muitas empreendedoras moram em outros estados).

Daniele Müller

O primeiro encontro serve para que possamos conhecer o trabalho da empreendedora, sua rotina, suas necessidades, os pontos fortes e também os que precisam ser fortalecidos em seu negócio. A partir disso, criamos uma série de estratégias que serão compartilhadas, para que a empreendedora possa aplicar em sua área de atuação. Cada encontro é uma troca de ideias e inspirações para ambas as partes. Além de ajudar a sanar possíveis problemas, a consultoria ajuda a empreendedora a recarregar as suas energias, se motivar e se reapaixonar pelo que faz.

Joshua Niedermayer

A quantidade de encontros necessários, variam de acordo com cada necessidade. Porém, o primeiro encontro é sempre grátis. É uma conversa espontânea e gostosa, que nos aproxima e conecta. Se você deseja marcar essa conversa conosco, é só entrar em contato. Iremos adorar conhecê-la, conhecer também o seu trabalho e saber em quê podemos lhe ajudar. Porque sim, nós mulheres precisamos todas nos unir!