A felicidade que está dentro de nós

Todas nós queremos ser felizes, isso é fato. O problema é quando depositamos toda essa alegria em coisas, pessoas ou situações que estão além de nós mesmas. Pensamentos como “eu só serei realmente feliz quando conseguir aquela promoção”, ou “só serei uma pessoa feliz de verdade quando emagrecer 10 quilos”, “só serei plena e linda quando achar um emprego novo”, “começarei a cuidar mais de mim mesma depois que eu encontrar um namorado”, etc, etc, etc. Certamente, muitas de vocês já passaram por isso. A verdade é que essa felicidade em longo prazo nunca chega a existir de verdade.

Jiří Wagner

Aprendemos durante toda a nossa vida que finais felizes existem, os filmes nos mostram muito bem isso. A mocinha que sofreu durante toda a sua vida e no fim encontra no seu melhor amigo, o seu príncipe encantado. A professora que passa o diabo nas mãos dos alunos, mas no fim, aleluia! Consegue colocá-los nos eixos, e todo mundo se abraça e comemora chorando. O garoto que sofreu durante toda a sua a infância, mas no fim, cresce alguém super inteligente e determinado, e finalmente pode mostrar a todos que lhe fizeram sofrer o quanto venceu na vida. Que alegria seria se toda a nossa vida se resumisse apenas a uma história de ficção. Só que não. 

Mas, e depois? O que acontece após o fim do filme com aqueles personagens, quando o letreiro sobe, a televisão se desliga e nós (pobres mortais) voltamos para as nossas vidas comuns e rotineiras? A verdade é que a felicidade não é um sentimento final e permanente, daqueles que encontramos após duas horas de filme. Mas, sim, um estado momentâneo, e que precisa, a todo momento, ser estimulado por nós mesmas.

Allef Vinicius

O meu conselho, após todas essas palavras aparentemente desanimadoras é: não deposite toda a sua felicidade em situações, coisas ou pessoas que estão além de você mesma. Isso pode parecer bem clichê num primeiro momento, tipo papo de auto-ajuda. Mas, só quem já passou pela situação de ter todas as suas expectativas jogadas por água abaixo, sabe o quanto a base da nossa felicidade não deve, nunca, estar apoiada em nada, nem ninguém. Aprenda a se amar, e a nutrir suas próprias expectativas, e acima de tudo, a ser a única responsável pela sua felicidade. Você verá que tudo vai ficar mais leve!

Haley Phelps

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *