Pagu – Mulheres Criativas
Conheça mulheres inspiradoras e criativas 💜
Seja nossa parceira(o)!
O que fazemos?

Mulheres Criativas #1: Daniele Müller

Dando o pontapé inicial do nosso projeto, tivemos a honra de conversar com uma blogueira muito amiga e especial. A Dani aceitou ser nossa "cobaia" e ficamos muito felizes com o retorno. Iniciar um projeto novo é sempre complicado e desafiador. Que bom poder contar com pessoas assim como ela. 😛 Vem ver como ficou esse bate-papo pra lá de especial!

Pagu – Mulheres Criativas: Dani, o que te motivou a escolher o caminho das artes como profissão? Quais a sua(s) profissão(ões)? E há quanto tempo você trabalha nisso?

Daniele: Desde criança eu sempre gostei muito de criatividade e queria trabalhar com isso. Tive várias fases onde eu quis seguir diversas profissões, inclusive ser fotógrafa. Sempre me inspirou essa vontade de trabalhar com o que eu amo. Comecei a graduação em fotografia mas tive que trancar por problemas de saúde. Atualmente, sou blogueira, escrevo há mais ou menos sete anos no Alternativa Aleatória (é tanto tempo que nem lembro direito), trabalho também como fotógrafa produzindo ensaios e eventos, e também como freelancer editando imagens. No momento a minha empresa de fotografia está um pouco de lado para que eu possa me dedicar a outras coisas também, principalmente ao blog.

Pagu – Mulheres Criativas: Você sente algum tipo de preconceito em relação à sua(s) profissão(ões)?

Daniele: Sim, muito! Como eu trabalho em casa e não tenho uma rotina muito fixa, ainda é difícil para minha família entender o que eu faço e me enxergar como uma profissional. Como ainda moro com os meus pais, eles ficam me questionando bastante e esperam que eu arrume um “emprego de verdade”. Tenho que explicar a eles que o que eu faço também é uma forma de emprego, e que não estou na frente do computador simplesmente passando o tempo.

Pagu – Mulheres Criativas: Você sente que existe uma desvalorização da área criativa e artística em relação às outras profissões mais "convencionais"?

Daniele: Sim, existe, a todo momento. As pessoas não entendem direito o que você faz e esperam que você seja igual a elas, mas hoje em dia muita coisa mudou, é preciso que a mentalidade das pessoas mude também.

Pagu – Mulheres Criativas: Você acha que a mulher sofre algum tipo de preconceito na sociedade como um todo? Se sim, quais?

Daniele: Com certeza! No meu caso, como um dos assuntos que eu mais abordo no meu blog é moda plus size e beleza, sempre sofri com esse preconceito do corpo. Já pensei em fazer redução de estômago, mas no final desisti da ideia pois achei que seria uma agressão muito forte com o meu corpo. Tive alguns problemas de saúde no decorrer da minha vida e aprendi muito com isso. É incrível como a mulher gorda sofre simplesmente por ser ela mesma, tem sempre alguém perguntando como está a dieta ou controlando o que você vai comer, é muito chato isso.

Pagu – Mulheres Criativas: Você participa de algum movimento que luta pelos direitos das mulheres? Você se considera uma mulher feminista?

Daniele: Conheço sim e me considero feminista. Não participo de nenhum movimento ativamente, mas gostaria muito de participar.

Pagu – Mulheres Criativas: Você já passou por alguma situação, onde o fato de ser mulher, tenha influenciado positivamente ou negativamente nas tuas profissões?

Daniele: Negativamente sim. Dentro da área da fotografia, a maioria dos grandes fotógrafos de renome são sempre homens. Os assistentes de fotografia também. Eu gostaria de ter a experiência de trabalhar como assistente, mas não tive a oportunidade. Não sei exatamente o que acontece. Acho que as mulheres mereciam mais destaque na profissão e de serem lembradas também.

Pagu – Mulheres Criativas: E dentro da área das artes, você acha que existe espaço para a mulher criativa? Como você enxerga a mulher criativa principalmente na cidade onde mora? Há oportunidades?

Daniele: É difícil aqui no Vale do Sinos. Acho que existe pouca oportunidade para mostrarmos o nosso trabalho. Há alguns eventos, mas que não chegam até nós. Seria importante abrir espaço para esse tipo de discussão.

Pagu – Mulheres Criativas: Quais são seus planos para o futuro? Você acha que é possível ter estabilidade financeira e crescer dentro da área, ou tem vontade de mudar?

Daniele: Meus planos para o futuro são postar mais no blog e concluir minha graduação em fotografia. Quero continuar falando sobre beleza, tenho planos de lançar uma coleção plus size em parceria com a minha mãe que é costureira. Gostaria sim de ganhar mais dinheiro pois ainda não sou totalmente independente financeiramente, e para isso tenho que batalhar para poder chegar lá. Mas com certeza, quero continuar fazendo o que faço pois eu amo isso!

Pagu – Mulheres Criativas: Você gostaria que existissem mais grupos de discussão voltados para a mulher criativa/empreendedora?

 Daniele: Sim!  Grupos que tivessem destaque, de preferência.

Pagu – Mulheres Criativas: Qual o conselho que você daria para as mulheres que querem seguir carreira no mundo criativo?

Daniele: Meu conselho é sejam aquilo que vocês quiserem ser! Sigam o seu coração e não se importem tanto com a opinião dos outros. Continuem lutando e não desistam de seguir os seus sonhos, isso é muito importante pra nossa própria vida, e também pro mundo como um todo! 💜

Para conhecer mais e seguir o trabalho da Dani, acesse o seu blog: Alternativa Aleatória

 Redes Sociais: Facebook | Instagram | Pinterest | Youtube

Mulheres Criativas #15: Glenda Brendler
Mulheres Criativas #14: Kaiane Esteves de Almeida
Mulheres Criativas #13: Francine Rodrigues
2 comentários
  • Sarah

    PRIMEIRAMENTE: GENTE, QUE FOTOS LINDAAAAASSSS! <3

    A Dani é um amorzinho e é muito bom vê-la aqui. Desejamos todo sucesso pra ela, né? <3 (E desejo à vocês também! Já tô curtindo a page!)

    Responder
  • Pagu – Mulheres Criativas

    Olá Sarah! OBRIGAAAADA pelo carinho e retorno! A Dani é demais mesmo né? Simplesmente amamos o trabalho dela. Gracias pelo comentário! Grande beijo! :*

    Responder